17.2.14

Capítulo 7

O grito dela morreu nos lábios dele, logo Joe se derramou dentro dela enquanto franzia o cenho e descansava a cabeça na curva do pescoço da mesma. Ele não deixou o corpo relaxado cair sobre o dela porque tivera medo de machucar o bebê. Joe deitou-se de lado e puxou Demi para o peito, abraçando o corpo dela e depositando um beijo na testa da mesma. Demi espalmou o peito dele com as mãos e disse que o amava. Adormeceram abraçados e nus, enroscados e protegidos apenas por se pertencerem.

Era tão bom estar nos braços de Joe, Demi murmurou alguma coisa, manhosa como sempre, e se mexeu. Acabara acordar. Estava quente, só ai que ela percebeu que estava aninhada a Joseph. Deu um selinho nos lábios dele e deu um jeito de afastar os braços másculo de sua cintura cuidadosamente. Cobriu-se com o cobertor e curvou-se para alcançar o telefone que estava sobre o criado-mudo. Uma e meia da tarde! Quanto tempo eles tinham dormido? Quatro ou três horas? Droga! Ela estava com fome.

  - Está fugindo de mim? – Demi sorriu ao escutar a voz dele um tanto sonolenta enquanto se levantava.

  - Nunca. – Joe sorriu ao receber um selinho nos lábios. Demi se enroscou ao corpo dele e os cobriu, era uma das melhores sensações ficar abraçada a Joe. – Mas nós temos que organizar o jantar, nem almoçamos ainda e eu estou morrendo de fome. – Demi fizera uma careta fofa fazendo com que Joe gargalhasse. Ele a envolveu com os braços dando aquele típico abraçado de urso.

  - Queria ficar aqui com você. – Desta vez foi Joe quem fez manha. Demi apenas riu e levou a mão até o peito dele.

  - Podemos ficar mais um pouco. Mas vai ter que se comportar. – A garota piscou para Joe que sorriu frustrado.

  - Eu sempre me comporto. – Joe se aproximou de Demi e levou uma das mãos até a cintura dela. Joe analisou aquele corpo feminino e arrepiou-se. Os cabelos estavam jogados de lado. Os olhos deixavam transparecer o quão grande era a paixão dela por ele. Os lábios levemente inchados pelos beijos dele o atraia. Percorrera o corpo dela com os olhos e em gesto automático levou as mãos até o seio dela, o apertando levemente fazendo a gemer. Aquela mulher era bela demais. Joe desceu a mão até a coxa de Demi e apertou logo a deslizando até o traseiro dela. Por Deus! Estava excitado que chegara a doer. Aquele desejo era insaciável, Joe poderia fazer amor com ela o dia toda sem cessar.

  - Não.. – Demi sussurrou com a voz falha. Levou as mãos até os cabelos de Joe e os acariciou enquanto ele brincava com os seios dela com a boca. Os beijando e os chupando. Céus! Joe iria enlouquecê-la. Quando desgrudou os lábios do mamilo Joe os guiou até os de Demi e os roçou rapidamente. Tornou a descer os beijos e Demi pensou que ele tornaria a beijar-lhes os seios, mas Joe os desceu por toda a região da barriga até encontrar o paraíso dele. Demi fechou as pernas o impedindo, mas Joe acariciava as coxas dela delicadamente fazendo-a ceder. Joe pôs-se entre as pernas dela e beijou a virilha e aquela área onde existiam poucos pelos. Envolveu as coxas com os braços para imobiliza-la. Deu-lhes um beijo carinhoso e Demi gemeu. Primeiro Joe fechou os olhos e aproximou-se dela. A respiração descontrolada.. O membro duro. Ele simplesmente a beijou, brincando com ela de uma forma que poderia ser considerada “inocente”. A beijava com tanta paixão amando sentir o gosto dela. Se perguntassem quem era ela, Demi não saberia responder. Estava em outra dimensão sentindo o corpo entrar em combustão. Ele fazia com que ela o desejasse mais e mais. Joe movia a língua preguiçosamente, sem acelerar ou regredir, apenas lenta e quente. Demi levou as mãos até os cabelos dele e os puxou os fazendo correr entre os dedos. E ele continuava lá, beijando-a até que ela chegasse ao prazer máximo explodindo nele.

  - Meu Deus eu te amo Demetria. – Joe levou ambas as mãos até o rosto dela e beijou-lhes os lábios sendo correspondido apaixonadamente. Demi deu um jeito de encaixa-lo a si da maneira mais rápida possível, ambos gemeram quando se uniram.

  - Eu também te amo. – Disse Demi com a voz cortada pelo prazer. Joe sorriu ao vê-la naquele estado, ela o correspondia de todas as formas. Estava suada e ofegante, alguns fios de cabelo grudavam na testa, os lábios entreabertos e os olhos fechados. Demi podia sentir ele entrar e sair sofrido, forte, grande e ágil dando amor a ela. Não demorou muito para que ambos chegassem ao ápice. Estavam assustados e satisfeitos. Foi tão diferente, mais apaixonado e vivo.

  - Você está bem? – Perguntou Joe a ninando nos braços. Demi estava quieta demais, mas na verdade ela ainda podia sentir o efeito dos orgasmos.

  - Estou. – Ela não estava bem, estava mais que bem, estava ótima, maravilhosa e tudo que há de bom. – E você? – Perguntou com um meio sorriso nos lábios e começando a fazer uma caricia no peito de Joe, aquilo lhes deu uma ótima ideia..

  - Estou. – Joe cheirou os cabelos dela e sorriu. Cheiravam a frutas. – Está muito cansada? – Joe lembrara que grávidas precisavam repousar o máximo que pudessem, mas ele acabara de lhe dar três orgasmos. Demi deveria está exausta e bastante sonolenta.

  - Você acabou comigo. – Sussurrou a garota sentindo as bochechas queimarem de rubor assim que Joe olhou nos olhos dela e sorriu.

  - Eu não resisti Dem. – Mesmo brutamente envergonhada Demi sorriu, amava aqueles apelidos. – Eu te amo tanto meu amor, tanto mesmo. – Joe a abraçou e beijou a testa dela carinhosamente. Demi sorriu e os olhos marejaram, disse que o amava e aninhou-se mais a ele. Quem diria que aqueles dois iriam descobrir o amor? Eles eram tão jovens e esperançosos. Parecia que foi ontem quando Demi o conheceu enquanto cortava o cabelo. E o primeiro beijo? Ele tinha a magoado muito, mas depois se acertaram. Mas agora estavam ali, um protegia o outro, eles se cuidavam e esperavam o fruto daquele amor. Joe acariciava a barriga de Demi e fazia perguntas bobas para ela fazendo-a gargalhar.

  - Um menino/ Uma menina. – Joe optava pelo menino e Demi pela menina.

  - Amor, um menino! Seria fantástico. Ele iria passar o dia todo comigo, eu iria ensina-lo a conquistar as garotas e jogar futebol. – Disse Joe sorrindo orgulhoso, mas logo se arrependeu ao olhar para Demi.

  - Conquistar o que Joseph? – Demi ergueu-se brava e ele engoliu seco.

  - Eu estava brincando. Agora vem cá. – Joe a puxou jeitosamente para o colo mimando-a e beijando-a. Demi relutou, mas acabou cedendo.

  - Joe, eu estou com sono. – Demi era tão manhosa sem bebê e com o bebê ficara mais manhosa ainda. Ela era tão manhosa que nem percebia.

  - Está com sono bebê? – Perguntou Joe a mimando mais ainda e ela apenas assentiu fazendo bico. – Meu Deus, minha pequena é tão manhosa. – Joe beijou os lábios de Demi e ambos sorriram entre o beijo.

  - Dorme comigo? – Joe sentiu a respiração dela em seu pescoço e arrepiou-se. Como ele iria dormir com ela? Tinha que organizar o jantar e se caso ficasse agarrado a ela iria acabar a possuindo de novo e de novo.

  - Bebê, não posso. – Joe acariciou os cabelos de Demi e ela ergueu-se para olha-lo. Os seios roçando ao peito dele.. – Você tem que descansar e eu não vou ajudar muito. – Joe sorriu ao vê-la corar, acariciou-a sem malicia e encostou os lábios aos dela os roçando delicadamente. – Então vamos fazer assim, - Demi sorriu de orelha a orelha, amava dormir agarrada a Joe, ainda mais quando faziam amor. – eu vou ficar te abraçando até você dormir e depois vou tomar um banho bem gelado e organizar o jantar e alguma coisa para você comer, depois volto para a cama. – Joe sentiu o coração partir quando viu um sorriso um tanto forçado nos lábios dela, um sorriso triste, Demi deitou-se ao lado dele e cobriu-se e fechou os olhos para dormir. – Eu vou ficar com você. – Suspirou derrotado, Demi abriu os olhos e sorriu, o abraçou e aninhou-se a ele. Agora Joe precisava de alguém para organizar aquele jantar.
...

  - Está tudo pronto. Você só precisa pegar a comida com o entregador. – Disse Dianna da porta do quarto de Demi. Céus aquilo era constrangedor, mas ele tinha pedido a ajuda dela. Dianna era a única que podia ajudar Joe com Demetria, ela conhecia Demi tão bem quanto Joe. Demi ainda estava abraçada a ele, ou melhor, deitada sobre ele fazendo o peito do mesmo como travesseiro. O mais engraçado era que ela tinha um pequeno sorriso nos lábios, a expressão facial serena, as mãos femininas sobre a pele dele. Pelo menos estavam bem cobertos, Joe não conseguiu dormir, ele apenas acariciava os cabelos de Demi enquanto pedia socorro a Dianna via sussurrou no telefone.

  - Muito obrigado tia Di. – Dianna sorriu e partiu. Deixara Anne com Eddie, e cá entre nós ele não era muito bom com crianças. – Demi, acorda. – Joe curvou-se e deu um selinho nos lábios dela. – Acorde bebê. – Ele disse a sacudindo, deveria ter cerca de duas a três horas que Demi estava dormindo, ela precisava comer alguma coisa e se arrumar para o jantar.

  - Oi. – Ela murmurou ainda sonolenta e se levantando logo o agarrando novamente. Ela nem era manhosa..

  - Demi! – Não foi possível controlar o riso. Joe a sacudiu de leve e ela ergueu-se para fita-lo. – Temos que terminar de organizar o jantar. – Disse Joe fitando os olhos dela, ele ainda precisava de um banho gelado..

  - Você não pode me fazer gozar três vezes e me deixar na cama. – Demi sentiu as bochechas queimarem quando Joe a olhou com um sorriso malicioso nos lábios.

  - Não irei deixa-la. Mas você terá o quarto orgasmo mais tarde. – Demi deu um tapa no peito de Joe e ambos riram, logo eles se abraçavam e foram tomar banho juntos.

...

 Os cabelos ondulados caiam pelos ombros. A maquiagem estava bem feita e os olhos carregavam sombra escura. Os lábios em um batom leve. Optara por um vestido azul marinho com um pequeno decote em formato de “V” que pairava um pouco acima dos joelhos de Demetria. Calçava um sapato de salto de cor prata. Estava completamente linda.

  - Oi. – Demi assustou-se com Joe a abraçando por trás. A voz dele era sexy. Os braços de Joe envolveram a cintura de Demi e ele beijou toda a extensão do pescoço dela.

  - Não senhor. – Demi se virou e o empurrou levando as mãos até o peito dele. Sabia se deixasse aquelas caricias prosseguirem eles iriam acabar na cama.

  - Você está linda. – Joe estava todo animado. Ele finalmente anunciaria que iriam ter um bebê. Acariciou a barriga dela, apaixonado como sempre e a beijou delicadamente. – Eu vim para que você pudesse me ajudar com a gravata, mas a encontrei de costas e não resisti. – Joe sorriu amarelo e Demi o acompanhou.

  - Você também está lindo. – Demi o olhou e sorriu. Amava quando Joe usava terno, ele ficava tão bonito, aparentava ser mais velho e absurdamente sexy. – Está tudo bem. Deixe-me ajuda-lo. – Joe entregou a gravata para Demi que apenas riu e fitou-a o fazendo. Ela parecia bem concentrada, ele sabia fazer o nó. Mas preferia que ela o fizesse. – Pronto. – Demi deu um selinho nos lábios dele e ajeitou o paletó.

  - Está ansiosa? – Perguntou Joe a observando terminar de se arrumar. Demi riu e assentiu.

  - Tudo vai dar certo. – Demi beijou a bochecha dele e saiu do closet acompanhada pelo mesmo.

  - Olha hoje você não teve nenhum enjoo. – Comentou Joe ao se lembrar que ela estava bem, já estava anoitecendo e a única coisa que Demetria tivera foi manha e sonolência.

  - Eu estou me sentindo muito bem. – Demi sorriu. Eles desciam as escadas de mãos dadas, a casa estava à espera dos convidados, Joe não dera conta de cozinhar e limpar, acabou contratando uma pequena equipe que pudesse cuidar daqueles detalhes.

  - Vamos dar uma volta no jardim? – Aquele dia estava sendo ótimo. Demi assentiu e eles foram até o jardim em silencio, às vezes trocavam sorrisos e olhares apaixonados. Joe se sentia bem ao lado de Demi, ela era bem diferente de todas as garotas que ele conhecia, ela tinha alguma coisa de especial.

  - O céu está bonito. – As estrelas brilhavam com tanta intensidade, era encantador olhar para aquela imensidão negra. Demi entrelaçou os dedos aos de Joe e ele a abraçou por trás e repousou a cabeça no ombro dela. Estavam tão envolvidos naquele silencio gostoso, apenas eram eles mesmos.

  - Acho que eles chegaram. – Joe tinha um sorriso nervoso nos lábios. Como seria que Denise e Paul iriam reagir diante da noticia? Aquelas perguntas não saiam da cabeça do rapaz.

  - Calma. – Demi deu um selinho demorado nos lábios dele e segurou-lhes a mão. – Tudo vai dar certo. – Ela sorriu e ele apenas assentiu também sorrindo. Primeiro foi Dianna, Eddie e Anne. Minutos depois Selena. E por último a família Jonas, incluindo Dani e Miley.

  - Deixe-me pega-la. – Demi brincava com Anne que estava em seu colo, a pequenina sorria para a irmã o tempo todo, estava tão esperta e inquieta.

  - Está preparada? – Sussurrou Dianna próxima a Demi.

  - Um pouco de nervosismo. – Sussurrou Demi de volta. Era imprevisível a reação de todos, mas eles teriam que contar mais cedo ou mais tarde.

  - Tudo vai dar certo. – Dianna tinha um sorriso confortante nos lábios, Demi sorriu para a mãe e olhou a sua volta, Joe a olhava o tento todo, ele estava ansioso demais.

  - Muito bonito o que vocês fizeram. – Disse Miley olhando para Demi e depois para Joe.

  - O que nós fizemos? – Perguntou Demi um tanto confusa.

  - Hum, fugiram da festa de casamento? – Miley tinha um olhar sugestivo e um sorriso malicioso nos lábios.

  - Quanto desespero. – Completou Selena fazendo com que Demi corasse bruscamente. Joe também ficara vermelho fazendo que todos rissem.

  - E como foi a lua de mel? – Dani fez Demi entrar em combustão. Estava vermelha de vergonha. Joe apenas sorriu sem graça. Elas faziam de propósito apenas para que Demetria passasse vergonha na frente dos pais.

  - Foi ótima. – Respondeu a garota gaguejando. Elas apenas gargalharam, tinha que ser coisa da Miley, ela nunca perdia a oportunidade.

  - E a sua lua de mel Miley? – Joe arqueou a sobrancelha e sorriu um tanto.. malicioso?

  - Também foi ótima. – Disse Miley segura de si e quem corou foi Nick.

...

A janta fora maravilhosa, Demi seguiu o conselho de Joe, não comeu muito, mas também não comeu pouco. Estavam conversando sobre assuntos aleatórios na sala de “visitas”. Joe estava sentado ao lado de Demi, ele a abraçava de lado.

  - Bem, eu e a Demi.. – Demi entrelaçou os dedos aos dele e respirou fundo. Ele iria contar. – Nós vamos ter um bebê. – O silêncio não os incomodava, só Joe e Demi que estavam aflitos, as lágrimas rolavam pelo rosto de Miley, Selena estava boquiaberta e Dani sorria. Nick e Kevin tinham um sorriso orgulhoso nos lábios. Dianna e Eddie apenas sorriam carregando Anne nos braços. Denise parecia em estado de choque, por um momento Demi pensou que eles iriam reprovar. Mas um sorriso iluminou o rosto da sogra. Ela se levantou e abraçou Joe e Demi ao mesmo tempo.

  - Você está grávida? – Perguntou Denise ainda em estado de choque, ela fitava Demi com os olhos brilhando.

  - Estou. – Demi sorria o tempo todo. Não fora tão difícil contar a eles. Denise a envolveu em um abraço apertado e demorado. Aquela parecia ser a melhor noticia que ela já recebera em toda sua vida.

Continua.. Desculpem pelo capítulo.. Está horrível, prometo melhorar, é que não estou em casa, e tudo está meio que.. Errado? Mesmo assim obrigado pelos comentários e pelo apoio, beijos. 


14 comentários:

  1. Mdss perfeeito
    Cala hoot mdss ameei <3
    Joe como sempre safado geentee
    Awnn maginando a cema da Dem com a tia De mds *-*
    Espero a tudo melhore logo
    Posta Logo
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Ai eu amo esse Joe, melhor casal ever! Beijos

      Excluir
  2. sobre o capitulo, está maravilhoso..
    como diz minha mãe "tão bom que se melhorar estraga", enfim realmente amei e tia Dê tão amorzinho na história que nem parece que estamos falando da mesma pessoa fnndj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Tadinha da tia Dê shauhsua beijos

      Excluir
  3. Awnt tia denise <3
    O capitulo ta perfeito
    A fic ta ficando cada vez mais linda
    Posta logo to ansiosa

    ResponderExcluir
  4. Amei. Você escreve perfeitamente bem, amo ler suas fics :))
    Poooostaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super obrigado! Você não sabe o quão importante isto é para mim! Beijos

      Excluir
  5. Capítulo perfeito <3
    To amando tudoooo
    Posta logoooo
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Fico feliz que esteja gostando, beijos

      Excluir
  6. perfeito menina! Você é demais!!
    posta logo

    ResponderExcluir
  7. posta logoo !! faz uma maratona?

    ResponderExcluir
  8. Postado! Maratona? Vou tentar, vamos ver se minha criatividade ajuda, beijos

    ResponderExcluir