23.9.13

7 - Vocês estão juntos?

   O jantar de Miley estava fantástico, um verdadeiro sucesso. Já passara de meia noite e tudo parecia correr bem. Demi estranhava a repentina amizade de Selena com Joseph, até porque eles nunca foram de conversar daquela forma. Era bem mais que estranho. Demi até se sentira deslocada.

  - Eu gosto dessa música - Disse Demi sorrindo para Justin, até porque os dois conversavam enquanto Joseph e Selena riam de alguma besteira.

  - Você quer dançar? - Perguntou Justin para Demetria. A garota franziu o cenho intrigada, dançar com Justin? E Selena?

  - Tudo bem - Demi sorriu de canto. Ora, não tinha nada demais, era só uma dança. Justin estendeu a mão para Demetria sorrindo como um verdadeiro cavaleiro.

  - Onde vocês estão indo? - Perguntou Selena olhando para Demetria e Justin de mãos dadas.. Hum... Ciúmes?!

  - Dançar – Demi deu de ombros sorrindo.

  - Nothing gonna change my love for you? – Perguntou Joe rindo. Se era estranho a ideia de Justin e Demi dançar juntos, era mais estranho ainda eles dançar uma música romântica juntos.

  - Isso é estranho – Disse Selena rindo.

  - Dança comigo? – Joe se levantou ficando próximo o suficiente de Demi para escutar as batidas aceleradas do coração da garota. Ela iria derreter.

  - Claro – Sussurrou cabisbaixo. Demi olhou para Selena, que sorria para ela, e sorriu tímida. Logo a garota sentiu-se ser puxada por Joe pela multidão que também dançava.

  - Mãos nos meus ombros – Joe sorria para Demi enquanto a segurava pela cintura.

  - Tudo bem – Demi suspirou fundo. Seus planos estavam indo por água abaixo.

 - Está nervosa? – Perguntou Joe a puxando mais para si. Agora estavam eles, zanzando sobre os olhares alheiros, o mais próximo possível.

 - Não – Murmurou Demi sorrindo.

Estar nos braços de Joe era estranho. Ao mesmo tempo em que Demi se sentia feliz, ela também se sentia triste. Parecia que Joe estava brincando com todos os seus sentimentos, ele conseguia, sem fazer absolutamente nada, causar uma confusão horripilante na mente de Demetria. Demi se sentia usada e altamente idiota por está cedendo aos encantos de Joe, e o que mais doía era saber que ele nem se importou quando ela estava se tratando. Ela estava vulnerável e a partir daí, o maior vilão era Joseph. 

  - Com licença – Demetria saiu desesperada pela multidão. Ela precisava fazer aquilo.. De qualquer forma, não importava se estivera na droga da reabilitação, realmente não importava.

 Joe nem imaginara o que estava causando. Ao contrário do que Demi pensara, ele se importava tanto, mais tanto mesmo, que, por mais que magoasse Demi, ele não iria procura-la naqueles dias sombrios porque ela estava lá por ela, e não por ele, que por sinal também estava machucado com tudo que tinha acontecido. Demi ainda não tinha entendido que ele a amava? Era a prova mais rara existente. Joe preferia vê-la se amando do que o amando. O amor é assim, quando ele é real, nós queremos o melhor para a pessoa que amamos e não importa o que você ganhe em troca, você sempre vai querer o melhor para o/a seu/sua amado/amada; E Joe queria o melhor para Demi.

  - Demi! – Gritava o rapaz pela multidão. Ele apressava o passo atrás da garota que nem se quer o olhava. Demi estava indo em direção aos banheiros da casa de Miley que eram mais afastados dos holofotes.

  - Demi! – Gritou o rapaz novamente, porém Joe já conseguira alcança-la bruscamente empurrando-a contra a parede com força.

   - Me deixa Joe – Sussurrou Demi com a voz embriagada de choro.

  - Eu não vou – Disse Joseph a segurando pelos pulsos com força.

  - Me deixa em paz Joseph – Berrou a garota com a voz falha por conta do nervoso e agonia. Ela precisava daquilo, era como se fosse um vicio insaciável. Era a primeira vez que Demi pensara em se cortar depois da reabilitação.

Joe não pensou duas vezes antes de beija-la depositando toda saudade e amor que sentira por ela. Demi não correspondia o beijo, apenas tentava se livrar dos braços do rapaz a sua volta o golpeando, porém ele era mais forte que ela e a cada golpe Joe a encurralava contra a parede com mais força. Por pura sorte ninguém os vira, e se caso os visse, pensaria que Joe estava prestes ou até abusando da garota. 

  - Demi, por favor - Joe já tinha lagrimas nos olhos, não por conta dos golpes da garota, mas por saber que ela estava o rejeitando. - Por favor - Sussurrou nos lábios da garota com toda a sinceridade exposta em sua voz. - Não fuja de mim, por favor minha pequena - Ele dizia como se estivesse com medo de perde-la para sempre, como se estivesse implorando pelo impossível. Demi estava assustada por vê-lo naquele estado, ela nunca tinha o visto chorar e tão vulnerável daquela forma. 

   As lagrimas escoriam pelo rosto delicado de Demetria. Porque ele tinha que ser tão persistente, porque ele tinha que acabar com todas suas estruturas? Era demais, demais para quem ainda estava com o coração destroçado, tão vulnerável e com medo do mundo.

   - Fica comigo, por favor - Disse Joseph contra os lábios de Demetria com a voz falha, ofegante, implorando como se fosse uma criança amedrontada. Desejando-a como se ela fosse o seu tudo.

  - Joseph - Sussurrou Demetria o beijando calmamente. Não tinha como resistir, ele estava ali, contra o seu corpo chorando e implorando para ter-la de volta. Aos poucos Joe foi a soltando, liberando as mãos da garota para que ela pudesse o tocar. Colando seu corpo ao dela; Envolvendo seus braços na cintura de SUA garota. 

  - Eu te amo - Disse Joe desesperado por ela. Ele sabia o quão importante eram aquelas três palavrinhas para Demetria.

  - Eu também te amo - Demi não pudera conter o sorriso que se formou no meio de tantas lagrimas, ele tinha dito que a amava! Demi estava festejando por dentro. 

Joe sorriu fitando os olhos de Demi. Ela não fazia noção que tinha mudado completamente a vida dele fazendo o sentir, pela primeira vez, o amor. Demi era o seu tudo, era sua garota e nada os impediriam de ficar juntos. 

Demi sorriu tímida e aproximou seus lábios dos dele iniciando um beijo apaixonado. Por mais que ela ainda estivesse magoada e confusa, ela o amava. O desejo de ambos aumentava a cada toque, aquela agonia tinha desaparecido e a adrenalina tomara posse de ambos. A cada beijo Demi sentia-se queimando de desejo. 

A sorte de Demi e Joe era que eles estavam afastados o suficiente para ninguém os visse. A cada segundo que se passava os toques iam se agravando e ficara difícil manter o controle. Joe abraçava Demetria com tanta força fazendo-a sentir sua ereção pulsando, dura, pronta para possui-la contra sua box. Ele, assim como Demi, a/o beijava ferozmente. 

  - Aqui - Joe empurrou com tudo Demi contra a porta do banheiro feminino ainda beijando-a. Ele estava louco para ter-la e não importava se estavam no banheiro feminino ou não. O rapaz fechou a porta bruscamente e a trancou ainda beijando Demetria, eles tinham sorte de não ter ninguém por perto. 

Ainda atrapalhado com as próprias ideias, também tomadas pelo desejo, Joseph ergueu Demi sentando-a sobre o balcão de mármore da pia e começou a despir seu paletó e t-shirt. Demi mordeu o lábio inferior ao vê-lo nu da cintura para cima, ele estava lindo e completamente másculo. 

O rapaz suspirou fundo ao sentir os lábios de Demi tocar seu tórax deixando-o marcado de batom. Demi subiu os beijou pela garganta de Joe podendo sentir a barba fazer cocegas em seus lábios e logo o beijou nos lábios puxando o cabelo da nuca de Joseph. Ela estava o deixando completamente louco de desejo. Joe tocou os joelhos descobertos de Demetria e foi afundando suas mãos até a intimidade da garota, ele estava mais do que pronto para possuí-la.

Demi pudera enxergar o reflexo do deus grego de costas a beijando no enorme espelho que ficava de frente deles. O tronco de Joe estava largo combinando com os braços fortes que ganharam aquela forma ao longo dos dias que Joe malhava freneticamente enquanto Demi estava internada. Ele estava bem diferente daquele garoto que ela conhecera a alguns anos atrás. 

Por um momento Demi sentiu-se apavorada por sentir que Joe tentara despi-la. Ela tinha mudado.. O corpo tinha mudado, ela não era mais aquela garota que mal tinha coxas ou algum lugar ''apalpável'', Demi ganhara um corpo esculpido, uma bunda enorme e gostosa, seios mais cheios e coxas grossas. Tudo por conta do peso que ganhara durante esses quatro meses longe de Joseph.  

  - Joe - Sussurrou Demetria ofegante assim que o sentiu tirar sua roupa intima. Joe a beijou nos lábios enquanto tentava tirar o casaco e o vestido, Demi meio que tentou o afastar, mas ele continuou beijando-a e despindo-a.

  - Shh.. Fica tranquila, nós já fizemos amor diversas vezes - Joe sussurrou no ouvido de Demi enquanto beijava o lóbulo da orelha da garota. Sim, nós já fizemos, mas agora é diferente, pensou Demi. 

Demi gemeu alto quando sentira que Joe conseguira acesso aos seus seios e logo os possuir, beijando-os, chupando-os, brincando com seu mamilo direito com a língua enquanto segurava o seio esquerdo apertando-o com força. Joseph beijou os seios de Demetria e logo sentiu-se ser puxado por ela para um beijo selvagem. Enquanto Demi o beijava, Joe trabalhava suas mãos no cinto de sua calça, logo o tirando fazendo com que a calça desliza-se até o pairar de seus joelhos. 

Devidamente protegido, Joe puxou Demi colando seu corpo ao dela, fazendo com que suas intimidades se encontrassem enquanto eles se moviam involuntariamente. Joe beijou Demi mais uma vez enquanto sentira-a guiar seu membro penetrando-a. Como ele tinha sentindo falta de estar com ela, aquele lugar pertencia a ele e a mais ninguém.. Ela era dele, apenas dele. 

Demi fechou os olhos com força ao senti-lo dentro de si, ela estava ofegante e levemente dolorida pela forma que ele tinha a penetrado. Joe a puxou mais para perto dele fazendo-a enroscar as pernas em sua cintura e começou a movimentar-se de fora para dentro a segurando pela cintura enquanto Demi se apoiava em seus braços

 Ele ia fundo fazendo com que Demi gemesse genuinamente em seus lábios. Aquele aperto familiar estava próximo, Demi sentira toda sua região intima estremecer e um agudo prazeroso forma-se em sua intimidade. Joe a beijou mais uma vez e logo segurou ambos os seios de Demetria os apertando contra ela e logo beijou os mamilos rígidos. 

  - Mais.. - Disse Demi com a voz falha. O rapaz firmou as mãos nas costas das coxas de Demi e a encaixou perfeitamente contra seu membro o mergulhando em fortes estocas levando Demi ao céu enquanto ela tivera um orgasmo divino e violento. 

  - Demetria! - Gritou Joseph assim que desmoronara sobre Demi. 

Demi o abraçou enquanto Joseph descansava sobre seu peito. O rapaz tinha a respiração bastante ofegante e o corpo tremia levemente. Demi acariciou o cabelo da nuca de Joe e logo o rapaz levantou-se sorrindo fraco para ela. Demi recebeu um selinho demorado nos lábios e logo sentira um vazio dentro de si assim que Joe se retirou de dentro dela. Era tão bom tê-lo em si, amando-a sem cessar. 

  - Você está linda - Disse Joe sorrindo para Demi. A garota se olhou no espelho e não achou ruim o que vira, ela estava com o cabelo um pouco bagunçado e os lábios levemente inchados. Joe estava sem camisa e com o bumbum de fora, o que fez Demi sorrir sapeca. 

  - Você está gostoso Jonas - Ela disse assim do nada. Joe ergueu a sobrancelha e sorriu para Demetria. 

  - Acho melhor a gente voltar, você também está gostosa Lovato - Joe deu um selinho rápido nos lábios de Demi e logo pôs-se a vestir sua t-shirt e o paletó. [...] 

Joseph e Demetria caminhavam de mãos dadas pela festa de Miley, que por sinal já estava bastante vazia. Deveria ser tarde da noite, pois as únicas pessoas que ainda estavam presentes eram os pais de Miley, Nick e Kevin com Dani. 

  - Demi, onde você estava? - Miley surgiu do nada, aparentemente cansada e abatida, a garota demonstrava preocupação. 

  - Eu, eu estava conversando com o Joe - Demi piscava freneticamente sentindo o rosto corar de vergonha. Afinal de contas, quanto tempo eles tinham ficado juntos?

  - Seus pais estão preocupados, eles já ligaram várias vezes depois que foram embora - Miley deveria está muito cansada, ela sempre sacava o que estava acontecendo. 

  - Eu vou ligar para eles - Disse Demi se sentindo culpada. Dianna deveria está bastante preocupada, pois ninguém sabia que ela estava com Joe no banheiro feminino. 

  - Vocês estão juntos? - Perguntou Dani sorrindo. Logo todos voltaram a atenção para Demi e Joe os analisando. Droga. 

  - Estamos - Joe olhou pra Demi sorrindo de lado e entrelaçou seus dedos aos dela. Eles estavam juntos! Se Demi não estivesse tão cansada ela iria festejar. 

  - Joe, você me desculpa, eu preciso conversar com a Demi, é rápido - Miley piscou para Joe e saiu às pressas arrastando Demi. - Dani, você também - Gritou Miley já no andar de cima. 

  - Aonde vocês estavam? - Perguntou Miley assim que Dani fechara a porta do quarto. 

   - Conversando - Tornou Demetria a dizer sentindo-se intimidada pelos olhares de Miley e Dani. 

  - Você não nos engana, onde você estava? - Perguntou Dani. Demi revirou os olhos. Por que diabos elas queriam saber? 

  - Banheiro - Sussurrou Demetria intrigada. 

  - Banheiro? - Miley arregalou os olhos azuis e logo um sorriso malicioso nascera nos lábios carnudos da garota. 

   - Sim, no banheiro - Disse Demi entediada de cansaço, a única coisa que ela queria era poder dormir em paz nos braços de Joe e não uma sequência de perguntas. 

Quando queria, Miley tinha o poder de atormentar Demetria com as perguntas mais estranhas possíveis. A garota ficara encabulada com tanta criatividade. E quando Miley juntara com Dani ou Sel, Deus! Elas causavam uma revira volta no psicológico de Demi. 

Depois de se despedir de todos e desejar todas as felicidades para Miley e Nick, Joe resolvera levar Demi para seu apartamento. Agora ele tinha o seu próprio apartamento que ficara um pouco longe da casa de Miley, alias, todos moravam mais perto que Miley, porém a casa da garota era épica e tinha uma vista linda para o campo cheio dos mais belos cavalos. 

   - Está cansada? - Perguntou Joe assim que abrira a porta do carro. 

   -  Estou - Respondeu Demetria sonolenta, pois já se passara de três da manhã. 

  - Vem, aqui está frio - Joe a puxou para dentro do prédio e logo eles subiram para a cobertura. 

  - É incrível - Disse Demi assim que entrara no cafofo do rapaz. O lugar era bem a cara de Joseph. Tinha alguns instrumentos musicais na sala, vídeo games, pôsteres do próprio Joe e até fotos dela em porta retratos. O apartamento era espaçoso e aconchegante. 

  - Você quer como alguma coisa? Um copo d'água? - Perguntou Joe assim que entrara na cozinha um tanto bagunçada. Literalmente a cara dele. 

  - Obrigado, eu estou cansada - Disse Demetria bocejando de sono. 

  - Vem, vamos nos deitar - Joe a puxou pela mão até o quarto, que por sinal também era enorme. Uma cama box estava posta no centro do quarto com a cabeceira junta da parede azul clara. Tinha uma porta no canto da parede esquerda e outra na mesma direção da parede direita. Demi deduzira que poderia ser o closet e o banheiro de Joseph. Um tapete azul claro, que combinava com a cor das paredes, estava posto em frente à cama de Joe e ao lado da cama tinha um criado mudo na cor marfim que continha um abajur e alguns livros de Joe.

Joe ofereceu uma de suas camisas para Demi, que tomou um rápido banho, e depois desabou na cama de Joe num sono pesado. Joe sorria enquanto ajeitara a garota na cama. Ele ficara tão feliz por tê-la novamente. O rapaz deitou-se ao lado de Demetria e envolveu seus braços em volta dela sabendo que ela pertencia só a ele. Ela era sua, apenas sua.


Continua.. Hot.. Não ficou legal, na verdade era para eu ter feito dois hots, o do banheiro e o na casa do Joe.. Mas eu meio que me perdi.. Há uma possibilidade de hot no próximo cap.. haha, estou feliz que Jemi voltou, eu fiquei até emocionada :’’) Podia ser verdade </3 



16 comentários:

  1. AHHHHHH AMEEII ESTÁ P-E-R-F-E-C-T
    Seu hot nao ficou legal e sim maravilhoso.. jemi Safadenhoos..
    OMG ELES ESQUECERAM A CAMISINHA..
    Ameeei
    POSTA LOGO
    XOXO

    ResponderExcluir
  2. oiiiiiiii perfeito tá incrível....amei o hot...ficou legal simmm.....safadinhosss......posta logo...
    ME SEGUE DE VOLTA ? http://tati-joeedemi.blogspot.com.br/
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hduhsduahd Jemi heheh.. postado!
      Seguindo, obrigado por comentar :)

      Excluir
  3. Será que poderia ver e divulgar esse blog:
    http://reviverstories.blogspot.pt/
    Foi criado à um dia e é um blog criado como se fosse uma homenagem aos escritores do Blogger.Se quiser participar,ou pertencer,avise a dona do blog por comentário.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. oi :)
    selinho pra vc no meu blog
    http://jemimylife.blogspot.com.br/2013/09/selinho-e-divulgacao-d.html

    ResponderExcluir
  5. Oi!Eu vinha pedir para que visse um blog.
    A escritora está descontente pois com esta nova história perdeu muitos seguidores e leitores e eu,que sou fã das histórias dela,tenho medo que ela acabe por excluir o blog.
    Será que se lesse a história nova dela "O colégio Interno" e se gostasse que poderia seguir e comentar algo?
    Agradeço desde já.
    O blog é esse: http://dianaisabelpinto.blogspot.pt/

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma olhada ;)
      Obrigado por comentar, beijos

      Excluir
  6. PERFEITO COMO SEMPRE
    POSTA MAIS !!

    ResponderExcluir
  7. O.m.g.
    Como sua forma de escrever e perfeita.
    Meu deus,fiquei sem palavras....
    Tá perfeito de mais...
    Posta logooo
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. AHHHHHHHHHHHHHHHH, ELES ESTÃO JUNTOS =) QUE FELIZ !!!
    POOOOSTA LOOOGO
    S2

    Amore, tem selinho pra vc >>>> http://jemilovely.blogspot.com.br/2013/09/divulgacao-e-selinho.html <<<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estão *-----------*
      Postado :)
      Obrigado pelo selinho :DD

      Excluir