20.8.13

90 - Nós também podemos ficar PARTE 1/2


  - Pequena? - Joe alisou os cabelos de Demi enquanto ela descansava sobre ele. Desde que tinham se reconciliado da melhor forma possível, o silêncio no quarto era absoluto e ambos apenas aproveitavam a presença um do outro, não poderia estar mais que perfeito. 

  - Hum.. - Murmulhou sem dar muita importância. 

  - Está com sono? - Joe ergueu o tronco e a garota se agarrou mais a ele. 

  - Anram - Respondeu manhosa enquanto se ajeitava no peito de Joe. 

  - Céus Demetria, toda vez que nós transamos você fica manhosa - Disse rindo. Demi sorriu de lado e abriu os olhos com muito custo. 

  - O que você quer fazer? - Perguntou sonolenta. Joe ergueu-se, ficando com as costas na cabeceira da cama e deixou que Demi repousasse em seu colo. 

  - Fome? - Perguntou enquanto acariciava as costas de Demi e logo se arrependeu pois não sabia qual era a situação de Demi referente a comida. 

  - Não. O café da manhã foi reforçado - Demi o olhou e sorriu. Tudo que ela não queria naquele momento era falar sobre comida ou qualquer outro problema. Demi desejava apenas aproveitar a companhia de Joe da melhor forma antes que seu mundo voltasse para a velha realidade.

  - Ainda é cedo, podemos fazer muitas coisas durante o dia - Disse sorrindo enquanto abraçava Demi pela cintura.

  - Então o que vamos fazer? - Demi realmente sentia-se muito preguiçosa e não pretendia sair da cama tão cedo, ficar ali agarrada com Joe estava ótimo e ela não precisava de mais nada a não ser o colo dele.

  - Bem, nós temos dois dias livres antes de entrar em turnê, então nós temos que ensaiar mais um pouco, que tal irmos ensaiar hoje a tarde? - Perguntou distraído enquanto mexia nos cabelos de Demi. Joe realmente tinha uma queda por cabelos.

  - Tudo bem - A animação que Demi fingia ter era tão grande, falsa e visível.

  - Podemos cantar juntos? Melhor? - Joe olhou para Demetria e se deparou com um enorme sorriso, ela definitivamente queria que ele estivesse incluso em todas as tarefas do dia.

  - Depois podemos fazer algo juntos - Demi sorria timidamente lembrando que ambos estavam nus cobertos apenas por um fino lençol branco e fora Joe, que à cada meio minuto deslizava suas mãos pelo corpo dela.

  - Perfeito - Sussurrou nos lábios da garota e logo os selou de forma apaixonada.

Demi e Joe faziam praticamente tudo juntos de uma forma tão boba e apaixonada. Depois de uma longa estendida pós-foda, Demi decidira que teria que ir para casa, caso contrário Dianna a mataria por tal irresponsabilidade. Em meio de beijos e brincadeiras, Demi e Joe tomaram um banho relaxante e partiram para residência dos Lovatos. Dianna lançou aquele olhar familiar de quando desconfia que Demetria aprontou, e literalmente ela estava certa, assim que a filha chegou junto com Joe. Para Dianna, eles estavam íntimos de mais para serem apenas amigos, mas logo Demi comunicou a mãe que ela e Joe tinham se reconciliado.

  - Vocês deveriam se casar. - Disse Dianna sorrindo enquanto punha a mesa do almoço. Quando Demi chegou em casa, ela estava terminando o almoço que tinha preparado especialmente para filha, pois logo Demi partiria mundo à fora e Dianna se sentira a mãe mais solitária do mundo. 

  - Mãe! - Demi sentira todo seu rosto entrar em combustão. Por que diabos sempre tinha alguém para envergonha-la na frente de Joe? Quando não é Miley, a Miss Sutileza, é Dianna, sua discreta e adorável mãe.

  - Seria uma honra - Joe sorriu de canto e entrelaçou seus dedos aos de Demi que corou na hora e sorriu tímida.

  - Podem se servir - Disse Dianna enquanto colocara a última travessa na mesa. O cheiro era tão bom que chegara ser estonteante. Demi enrijeceu ao encarar aquele tanto de comida então se imaginou com bons quilos a mais, a imagem era assustadora e Demi pensara que ira desmaiar se um dia chegasse naquele ponto, Joe não iria gostar de ter-la como namorada e ela simplesmente surtaria de desgosto de si mesma.

  - Demi, filha, você não vai comer? - Perguntara Dianna preocupada. Demi despertou de seus pensamentos e fechou os olhos com força tentando se livrar das más lembranças forjadas por sua mente. - Você está bem? - Tornou perguntar Dianna preocupada. Joe olhou para Demi já decifrando o que estava acontecendo e respirou fundo, não adiantaria tomar decisões radicais como tinha feito, tudo tinha que ser feito na base da conversa altamente compreensiva, Demetria era teimosa demais e tanto ele quanto Dianna sabiam disso.

  - Estou bem e sem fome - Disse indiferente. Joe a olhou decepcionado e voltou a se concentrar em seu almoço. Demi culpou-se por não ter disfarçado melhor e sorriu para aliviar a tensão. - Nós tomamos café da manhã já tarde, por isso estou sem fome - Sorriu para mãe. Uma parte era verdade, eles tinham tomado café da manhã fora do horário, porém a energia já tinham sido gasta da melhor forma..

  - Tenta comer pelo menos um pouco, não pode ficar sem comer comida de sal. - Dianna serviu um pouco de lasanha para Demi e a garota sorriu falsamente. Poxa, logo lasanha com caloria sobre caloria.

  - Cadê o papai? - Perguntou Demi enquanto tentava enrolar Dianna e Joe. Até agora Demi nem ao menos tinha levado o garfo à boca, apenas jogava belos pedaços de presunto para Oliver que abanava o rabo eufórico tentando atacar a comida que, por sinal era bem maior que ele.

  - Está em reunião com alguns empresários em Santa Bárbara - Disse Dianna antes de dar uma garfada em sua lasanha. Demi apenas assentiu e focou no prato cheio de comida, Joe a olhou como se estivesse a forçando comer e Demi logo revidou com outro olhar, e assim começara a guerra de olhares.

  - Eu não estou me sentindo bem - Disse Demi para provoca-lo, só assim ela escaparia de comer.

  - Por Deus pequena! Você precisa comer - A voz de Joe transparecia preocupação e Dianna já os olhava desconfiada.

  - Eu estou cheia - Sussurrou cabisbaixo. Demi sentia-se tão deslocada e culpada, mas aquela imagem era um caso sério e a deixara bem mais obsessiva por perder peso.

  - Vocês estão se protegendo? - O droga! Demi sentiu o rosto arder de vergonha e todo o seu corpo entrar em estado de alerta. Mais que merda, Dianna pensara no pior e no menos obvio.

   - Claro - Disse Joe entre um sorriso nervoso. O resto do almoço seguiu num clima tenso, ninguém ousou a falar nada, Demi acabou por comer boa parte da lasanha que estava em seu prato, mas não toda. Assim que terminaram de comer, Demi correu para o quarto com argumento que trocaria de roupa, que também era válido, porém a garota foi às pressas para o quarto com outros objetivos.

                                                                              [...]

  - Acho que somos os únicos por aqui - Joe e Demi tinham acabado de chegar ao galpão onde o pessoal da tour ensaiava, e pelo que era obvio só os dois estavam no local.

 - Liga para o Nick, ele deve saber o porquê do atraso do pessoal. - Disse Demi enquanto colocava a bolsa em cima do palco de madeira. Joe fez como Demi tinha sugerido, Nick era o mais pontual e informado dos astros da Disney, nada passara despercebido por ele sem um argumento válido.

 - Resolveram nos dar folga por hoje, porém amanhã tudo volta ao normal. - Disse Joe com uma expressão indecifrável.

  - É melhor irmos não? Tenho que organizar algumas coisas e levar o Oliver para passear. - Demi estava tão distraída enquanto ajeitara a bolsa no ombro esquerdo que nem percebeu quando Joe segurou pela cintura a cobrindo com o corpo dele.

  - Nós também podemos ficar - Disse sorrindo travesso. Demi o olhou assustada tentando entender o que ele queria dizer, Joe apenas assentiu sorrindo.

  - Aqui? - Perguntou arqueando a sobrancelha.

  - Hum Rum - Murmurou Joe enquanto começara a beijar o pescoço de Demi. A ideia era tentadora e indecente, mas a adrenalina era de modo fascinante. Há começo, a ideia de sexo no galpão era vista como abominável, mas logo Demi foi se deixando levar por conta dos beijos de Joe em seu corpo e fora que o medo de serem descobertos era gostoso.
   - Vamos ter que ser rápidos - Sussurrou Joe com a voz rouca. Demi sentira as pernas tremerem e a excitação invadi-la.

Repousou às mãos no peito de Joe e logo sentira o garoto pressiona-la contra o palco, que ficara logo atrás  deles, Joe beijou os lábios macios de Demi enquanto percorria suas mãos por debaixo da camisa da garota, dessa vez seria apenas o básico, não passava de sexo e caricias ousadas.

Desabotoou os três botões primários da camisa xadrez lilás que Demi usava e agarrou-lhe o seio esquerdo e o chupou brevemente. Assim que os lábios de Joe tocaram o mamilo rígido de Demi, a garota gemeu alto e fechou os olhos com força, Joe logo passou os beijos para o outro seio da garota e abotoou a camisa.

  - Tem belos seios pequena - Sussurrou com a rouquidão de sua voz masculina. Demi estremeceu e ruborizou instantaneamente.

Encarou Demetria por alguns segundos sorrindo admirado-a por tal beleza e a beijou nos lábios. O beijo era calmo e apaixonado, fazendo com que o desejo de ambos aumentasse. Depois de beija-la, Joe desabotoou a calça de Demi e brevemente desceu o zíper. Analisou o corpo da menina e deslizou a calça podendo revelar as maravilhosas pernas que Demi possuía, logo as retirou junto com o all star preto e pôs suas mãos na cintura da garota brevemente à suspendendo para que fosse possível senta-la no beira do palco.

Demi olhou atordoada à sua volta, o local era gigantesco e o risco de alguém os flagrar era enorme. Viu-se completamente envergonhada, seria um vexame épico, estavam no centro do palco! E Demi pudia ver as cadeiras da arquibancada transbordando de telespectadores assistindo o show.

  - Joseph.. - Disse num agudo de voz ao senti-lo dentro de si. Joe a puxou pelas pernas para que pudesse encaixa-la a si da melhor forma e beijou-lhe os lábios. Demi deixou que suas mãos ficassem no chão de madeira escorregadia do palco e inclinou-se para traz. Como a sensação era maravilhosa, no começo ficara assustada e pensara que seria algo sem nexo, mas a adrenalina e o instinto humano falavam mais alto quebrando qualquer regra de disciplina. Joe alcançava fundo.. Mais fundo do que o de costume, ele se movimentava de dentro para fora; De fora para dentro num ritmo deliciosamente torturante e prazeroso.

  - Vamos Demi - Disse ofegante pingando de suor. Demi começara a sentir seus músculos da região intima se contorcerem e algo pequeno surgir dentro de si aumentando gradualmente a cada investida de Joe. Era demais para ela, cada vez ia aumentando mais e mais, o corpo gritava silenciosamente, seus olhos se fecharam com força e um gemido ficou entalado na garganta, Joe a beijou, tentando esconder o gemido alto que lhes fora concedido assim que clímax o atingiu, da forma mais calma e passiva possível e a segurou para que Demi não caísse desengonçada em cima do palco.

  - Foi perfeita pequena - Disse Joe com voz falha. Demi gemeu e sentiu o vazio lhe invadir assim que Joe se retirou de dentro dela. Joe simplesmente não sabia o quão prazeroso e original ele era, Demi sorriu de canto pensando na possibilidade de serem o único casal a fazer amor daquela forma.

  - Joe.. - Sussurrou assim que terminara de vestir a calça e calçar o tênis, Joe a olhou sorrindo esperando pelo que Demi iria dizer. - Você já fez dessa forma com outra? - Desviu o olhar de Joe.

  - Não, é a minha primeira vez assim, nossa primeira vez - Disse sorrindo ao ver o sorriso de orelha à orelha de Demi. - Você gostou pequena? - Sorriu tímido. Demi apenas assentiu ruborizando até a alma.

  - Você gostou? - Perguntou a garota cabisbaixo.

  - Foi inexplicável, perfeito - Disse eufórico. Demi o olhou sorrindo e logo recebeu um beijo carinhoso nos lábios. - Vamos - A abraçou de lado. - Te amo tampinha - Joe riu ao ver a falsa indignação de Demi.

  - Também te amo grandão - Disse a garota rindo.

Continua...

Oi ><
Estou ficando sem tempo para postar e minhas ideias não estão sendo as melhores.. Espero que tenham gostado desse capítulo, resolvi faze-lo um pouco hot pois os bons dias estão chegando ao fim.. Está mais que perto... Enfim, espero que gostem do fundo do meu coração e desculpem a minha falta de educação por não responder os comentários.. Ultimamente estou muito preguiçosa.. hehe ><


Deus! Hoje é aniversário da minha pestinha mais tarde posto minha declaração :') 



8 comentários:

  1. Gostei do capitulo. Poste logo!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. posta logo altorinha linda ja falei que amo seu blog?

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, POSTA LOGO! por favor!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Safados hein?!! hahahah! POSTA LOGO POR FAVOR :D
    amoooor se não for pedir muito poderia divulgar http://thejemistories.blogspot.com.br/ ? Acabei de fazer... Beeeijo posta loga plmdds

    ResponderExcluir
  5. divulga?
    http://fanmadehistorias.blogspot.com.br/
    é muito bom ta no começa ainda,vejam esse blog e comentem bastante.

    ResponderExcluir