31.7.13

85 - O que achou da noite?

Fazia uma noite de outono fresca e úmida. O céu apresentava poucas estrelas, o clima realmente era agradável para um encontro entre amigos num dos restaurantes mais sofisticados de Loas Angeles. Demi ansiava pelo encontro desde que este fora marcado.
- Você sabia que caras mais velhos só estão interessados em sexo? - Quem for que fosse do outro lado da linha telefônica não estava ajudando na instabilidade dos nervos de Demetria. 
- Ora Miley, deixe de besteira - Demi tentava convencer a si mesma, ela concordava com Miley em todos os aspectos, mas não assumia para si mesma - Nós só vamos jantar, apenas jantar - Miley estava deixando Demetria tão nervosa que a garota acabou borrifando o aroma doce do perfume no ar. 
- E por que escolheu um típico tubinho preto? - Perguntou debochada. 
- Está na moda e fora que é elegante - Demi teve uma breve visão de Oliver sentando na cama em cima do monte de roupas espirrando por conta do cheiro do perfume, a garota não pode deixar de rir da cena. 
- Não, não está - Miley era implicante e iria insistir até Demi assumir que ela tinha razão, uma lastima pois Demi já estava começando a se atrasar. 
- Lógico que está - Disse enquanto entrava no banheiro com fins de terminar os últimos detalhes da maquiagem - Tubinho preto nunca cai de moda. - 
- Que seja - Deu de ombros - E o Joe? O que deu a amizade colorida? - Demi tinha contado da proposta de Joe e da última noite no Canada.. Miley praticamente surtou, para ela, eles deveriam ter voltado e nem quero comentar sobre a proposta.. Se Demi não tivesse feito Miley desistir da ideia de insultar Joe, o garoto estaria difamado mundo a fora. 
- O que tem o Joseph? - Perguntou indiferente. Demi não via Joe desda noite do carro, depois do episódio ela apenas viu algumas notícias sobre o rapaz na internet, nada que agradou-a. 
- Não tem falado com ele? - Perguntou curiosa. 
- Viva voz - Era incabível se maquiar enquanto conversava no telefone. Demi pôs o telefone na bancada de mármore do banheiro. - Não, até onde eu sei ele não está em Los Angeles. -
- O que vai acontecer entre vocês? - Perguntou cautelosa.
- Eu não sei - Suspirou triste. Mesmo tendo todos os dias do resto do ano com algum planejamento, Demi não fazia ideia do que iria fazer de sua vida pessoal e nem profissional. 
- Você o ama? - Miley já sabia a resposta, apenas queria a confirmação. Ela sentia que o dever de amiga era ajudar uma a outra, e o que Miley pudesse fazer para ver seus amigos, tanto Demi quanto Joe, felizes ela faria. 
- Amo - Suspirou triste. 
- Eu realmente não entendo o porquê desse termino - Disse pensativa. Droga, essa a questão que Demi tanto tentava desviar, ela era a culpada. - É um bom pensamento, por que o Joe terminou com você? - Perguntou. 
- Miley, eu não quero falar sobre isso - Demi selecionava cada palavra com cuidado, qualquer besteira que ela falasse Miley desconfiaria e era capaz da garota pegar um avião para Los Angeles para conseguir mais informações.. 
- Demi.. - Começara a dizer. 
 - Miley.. - A interrompeu. 
- Tudo bem Demetria, já está pronta? - Não, Demetria não. 
- Estou Destiny Hope - Respondeu entre dentes. 
 - Sem graça - Disse irônica - Bem, juízo, nada de ir para cama com o cara que é doze anos mais velho que você, não apronte nada que não deva, quero que a mocinha esteja em casa às dez e meia da noite, antes de dormir verifique se tem bicho papão debaixo da cama e escove os dentes. - Pra que inimigos quando se tem ótimos amigos? Demi gargalhou e se despediu de Miley, ela estava atrasada. 


Dianna fez as mesma recomendações de Miley, porém foi bem discreta em alguns aspectos.. A limousine esperava Demi desdas oito e meia, o ponteiro do relógio já pulava para nove e vinte. Demi não entendia bem o porquê de limousines e seguranças, não poderia existir nada mais chato que a falta de privacidade que os famosos de Hollywood sofriam, ela jurava se sentir pior que um presidiário, era horrível não poder nem sair na rua sem que homens de preto lhe acompanhasse. 

Se limousines e seguranças eram fora de cogitação, paparazzis e grandes recepções eram piores ainda. Ao chegar no luxuoso Craft Restaurant, os flashes quase a cegaram. Malditos, malditos e malditos! Os praguejou Demi. Wilmer esperava Demi no segundo andar e pelo jeito não tinha apenas Demi Lovato e Wilmer Valderrama de famosos no local, a mídia pareceu surpresa com a presença da estrela da Disney, apenas tiraram algumas fotos contra a vontade da garota e voltaram para o foco principal. 

Wilmer era bonito. Cabelos medianos castanhos escuros, pele morena e um rastro de braba mal feita, era charmoso e tinha um físico atraente. Demi viu-se nervosa assim que o avistou numa mesa para dois casais. Dois casais? Lógico Wilmer acenou para Demetria que quase teve um ataque de nervos..

  - Está linda. - Elogiou o rapaz dando beijos no rosto de Demi. Wilmer entrelaçou o braço ao de Demi e a guiou até a mesa. O rapaz do qual Demi temia estava sentando de costas e sua acompanhante de frente para ele, assim que Wilmer chegou à mesa com Demetria, o rapaz, que antes estava distraído, os olhou.

  - Demi? - Disse meio surpreso e aparentava estar feliz por vê-la.

  - Joseph. - Demi estava mais surpresa do que parecia. Wilmer os olhava com um sorriso torto sem entender nada.

  - Vocês se conhecem? - Perguntou Wilmer curioso. Joe e Wilmer eram amigos à algum tempo.. diríamos que Wilmer sabia de quase todo o relacionamento de Joe com Demi.

  - Demi Lovato - Tão escandalosa e falsa. A garota se levantou e veio até Demi e a cumprimentou com beijos aqui e acolá.

 - Você é? - Demi forçou a memoria, mas não se lembrou da garota que aparentava ter no minimo um e setenta de altura por conta do salto enorme agulha, ela era tão.. tão.. desproporcional para Joe, não que Demi estivesse com inveja ou ciúmes, mas aquela mulher não era para ele, muito magra, muito alta, muito.. simplesmente ''muito''.

  - Deixe que eu me apresento - Disse descontraída. - Ashley Greene - Sorriu torto. Demi sentiu-se tonta, então era por causa dela que Joe tivera desaparecido do mapa, era por causa dela que ele estava completamente diferente? O pesadelo acabara de se tornar realidade.

  - Prazer Ashley - Deu seu melhor sorriso em consideração a Wilmer, porém a vontade de Demi era ir embora e nunca mais olhar para a cara de Joe, nunca mais deixa-lo toca-la em circunstancia nenhuma.

  - Sentes-se  Demi - Wilmer puxou a cadeira ao lado de Ashley e esperou com que Demi se sentasse para acomoda-la. O rapaz sorriu de canto e se sentou ao lado de Joe ficando de frente a Demi.

  - Vocês se conhecem de onde? - Tornou Wilmer a perguntar sem deixar de sorrir. Demi engoliu seco e abaixou a cabeça. Joe forçou um sorriso sem graça, ele nunca se sentira tão estúpido como naquela noite.

  - Ora Valderrama - Ashley era debochada e arrogante, um verdadeiro terror - Eles eram o inseparável casal da Disney, nunca ouviu falar do namoro? - Demi a fitou por breves segundos incrédula. Quem aquela biscate pensava que era?

  - Nunca ouvi falar - Desconversou Wilmer. O que Demi mais apreciava em Wilmer era o bom humor, sempre brincalhão e descontraído ele conseguia mudar a energia carregada que Ashley trazia consigo.

A tragédia não fora tão ruim quanto pensava. O jantar que mais parecia o fim, teve a companhia de boas gargalhadas e histórias hilárias contadas por Wilmer. Parecia que Joe nunca tinha sido namorado de Demi e vice versa.. Ashley foi ignorada por Demi causando uma breve irritação da garota. Demi se superou, as altas gargalhadas da garota chegaram a ser deselegantes, porém adoráveis na opinião de Wilmer e totalmente desnecessárias na opinião de Ashley. Por fim das contas, Joe não conseguiu prestar atenção em mais ninguém além de Demi, ela era adorável e conseguia roubar todo sentido de Joe e Wilmer.. Mesmo Joe a conhecendo bem por fora e por dentro, Demi continuara a ser uma novidade incansável para ele , ao contrário de Ashley que já se tornara repetida com toda aquela produção.

  - Nos vemos depois peq.. Demi - Joe despedia de Demi com um abraço confortante. A garota nada respondeu, apenas sorriu tímida quando desfizera o abraço.

  - Boa noite Demi, foi um prazer conhece-la pessoalmente. - Soltou o veneno Ashley.. ops.. Disse Ashley com o sorriso mais falso que pudera existir.O jantar nem durou muito. Depois de uma invenção que estava passando mal, Ashley conseguiu convencer Joe a leva-la para casa.. E não foi nenhuma surpresa para Demi quando o rapaz a obedeceu num piscar de olhos.

  - Está tudo bem princesa? - Perguntou Wilmer antes que ele e Demi fossem os próximos a serem atacados pelos flashes. Demi apenas assentiu e escondeu o rosto do braço do rapaz enquanto caminhavam até o carro de Wilmer, por um milagre, Demi conseguiu dispensar a maldita limousine contratada por Eddie para vigia-la por todos os cantos.

 - Odeio paparazzis - Disse Demi rindo. Mesmo sendo protegida por Wilmer, Demi quase fora cegar pelos malditos paparazzos.

 - Somos dois - Wilmer acabara de dar partida no carro, se não saíssem aquela hora com certeza seriam seguidos pelo resto da noite, sorte que outra estrela tomava toda atenção dos paparazzis, uma oportunidade perfeita para partir sem serem seguidos.

O percurso até a casa de Demi foi longo, porém agradável. Wilmer sabia entreter uma mulher e em momento algum lhes faltaram assunto, o rapaz até imitou o jeito metido de Ashley quando parara o carro no sinal vermelho.

 - O que achou da noite? - Perguntou Wilmer sorrindo de canto. Já estavam parados entre frente a casa de Demi à um tempinho.. a conversa era tão agradável e produtiva que Demi nem sentia vontade de se despedir.

 - Foi ótima - Sorriu tímida ao cruzar o olhar encantador de Wilmer.

 - Não ficou chateada com a presença do Joe? - Demi tinha noção que seu relacionamento com Joe tinha acabado, até estava aceitando numa boa, mas não poderia deixar de está triste e chateada, ela ainda o amava muito.

 - Não. - Sorriu - Nós somos amigos, apenas amigos - Disse um tanto sem graça.

 - Tudo bem, realmente me desculpe por isso, eu não fazia ideia que vocês eram namorados - Desculpou-se com extrema educação que fez Demi suspirar, cada minuto ao lado do Valderrama uma surpresa boa era desvendada.

 - Não precisa se desculpar - Sorriu - Eu acho que tenho que ir, está ficando tarde - Sorriu tímida.

 - Eu te acompanho - Wilmer desceu do carro e abriu a porta para Demi e a ajudou a descer, a rua estava completamente vazia.. Já pairava de meia noite.

 - Obrigado pela noite - Demi estava encantada com que descobrira do rapaz em tão poucas horas, Wilmer poderia preencher todos os papeis de sua vida, ele se encaixava em todos.

 - Obrigado você por fazer da minha noite perfeita - Wilmer segurava as mãos de Demi com delicadeza enquanto a garota sentia suas pernas tremerem com todos aqueles mimos do rapaz.

 - Boa noite - Demi meia perdida em seus atos, abraçou Wilmer que retribuiu de bom grado, era confortante sentir os braços do rapaz em sua cintura. Depois de alguns segundos o abraçando, Demi com intuito de beija-lo na bochecha acabou que fitando o olhar atencioso do rapaz e o beijou nos lábios.


Continua.. Eu tentei ok? Não sou dilmer shipper.. eu apenas tentei, não ficou bom porque não rola.. mas tem que acontecer para o pamonha do Joe pegar a Demi de voltaaa! :(




5 comentários:

  1. Amei o Capitulo.
    Tmb nao shipper dilmer.
    Posta logo!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Também não sou dilmer shipper mas amei o capítulo.

    Posta logo p ter Jemi de volta

    ResponderExcluir
  3. MENINA POSTA LOGO PLEASEEEEEEEEEEEEE!!

    ResponderExcluir