9.6.13

67 - Brasileiros..

 - Não importa, está maravilhoso - Sorriu o olhando, Demi estava próxima o suficiente para juntar seus lábios aos dele e iniciar um beijo calmo e apaixonado.

  - Vem. - A levou até a toalha estendida, Joe se sentou e a trouxe para seu colo. - você está tão linda. - deslizou as mãos pelos cabelos da garota. - quero que essa noite seja especial. - Beijou-a rapidamente.

  - Mais especial do que já está sendo? - Questionou meiga. Ela sabia o que ele queria, Demi também desejava que aquilo acontecesse, mas ainda se sentia vulnerável  a tudo que tinha acontecido.

  - Muito mais pequena. - Sorriu. - Ter você aqui já a torna especial, mas eu quero poder fazer as coisas direito, ultimamente estamos tão distantes. - Disse calmamente. Joe não se referia a distância física, eles estavam distantes um do outro desde que toda aquela confusão tinha começado, o namoro não era mais o mesmo, Demi estava distante dele.. ou até fria.. ele nunca imaginaria que ela mudasse tanto por um pequeno erro, mas também tentava a compreender.

  - As coisas mudaram, isso tudo está me sufocando. - Olhou-o rapidamente antes de continuar. - Acho que essa vida não está me fazendo bem, é muita pressão. - Respirou fundo. - Eu me sinto cobrada vinte e quatro horas por dia. - Joe acariciou a mão da garota e forçou um pequeno sorriso. - Estou presa nessa vida e não vejo saída. - Disse.

  - Eu sei que levamos um susto à algumas semanas atrás - Riu sem humor - Talvez isso tenha mexido muito com você pequena. - Entrelaçou seus dedos aos dela. - Mas quero que saiba que acima de tudo eu sou seu amigo e sempre vou estar com você independente do que aconteça no futuro.. sei que muitas coisas nos esperam e eu quero estar sempre ao seu lado te dando apoio. - O garoto forçou um sorriso e beijou a bochecha de Demi, ele sempre estaria ali para ela, independente do que fossem.

  - Obrigado - Sussurrou sorrindo cabisbaixo. Demi se sentiu a garota mais protegida do mundo, era ótimo saber que sempre teria seu melhor amigo ao seu lado independente do que o destino os reservava, ele estaria lá para ela, apenas isso importava.

  - Não precisa me agradecer, eu é quem devo agradecer por tê-la na minha vida, eu te amo muito. - Disse a trazendo mais para perto de si.

  - Eu também te amo muito. - Sorriu ao encarar aqueles olhos que tanto amava, eles a traziam paz e segurança. Joe sorriu e logo juntou seus lábios aos dela, iniciou um beijo calmo e intenso, era tudo que precisavam, Demi se sentia no céu com os delicados toques quentes de Joe em sua boca, ele a segurava pega cintura com bastante delicadeza enquanto a garota apoiava as mãos nos ombros dele.

  - Está com fome? - Olhou-a sorrindo. Demi, agora sentada ao lado dele, fitava as estrelas com um sorriso tímido, a garota assentiu e o olhou rapidamente com pouco de receio.. ela não negaria nada a ele, tudo que Joe tinha dito fez com que Demi pensasse que ela não estava sozinha, que ela podia ser forte o suficiente para lutar contra o seus medos, ninguém a derrubaria com aquelas palavras baixas, mas sempre pensava que ninguém a enviaria tanto ódio se ela não tivesse culpa.

  - Só não posso comer muito. - Riu sem humor. - Hoje levei uma bronca na aula de dança.. A personal disse que tenho que emagrecer, pois não vou conseguir dançar se não perder peso. - Fez uma careta enquanto observava o reflexo da lua no rio a poucos quilômetros.

  - Só posso dizer uma coisa - Olhou-a rapidamente. - Essa mulher tem sérios problemas sabia? - Disse incrédulo. - Pequena. - Respirou fundo enquanto observava a bela garota ao seu lado. - Você não é gorda, você é tão linda, acredite, toda garota gostaria de ter o seu corpo. - Os olhos do garoto percorriam o corpo de Demi atentamente. - Presta atenção, você é muito linda, cada detalhe do seu corpo define essa garota maravilhosa que você é. - Sorriu, a essa altura do campeonato, Joe já estava para enlouquecer.

  - Obrigado. - Sorriu envergonhada. - Sabe, eu gosto quando você fala assim de mim. - Sorriu sapeca.

  - Você gosta? - Olhou-a rapidamente sorrindo. Joe preparava um misto para Demi, o garoto organizava tudo atentamente, ele queria que aquele ''jantar'' fosse perfeito. Demi apenas assentiu sorrindo enquanto Joe a olhava sorrindo, ela parecia ansiosa pelos comentários que logo ele faria. - Bem - entregou o prato para ela. - Eu amo seu sorriso, ele ilumina meu dia. - Não demorou segundos para Demi está sorrindo que nem uma criança que acabara de ganhar um doce. - Amo seus cabelos negros. - Riu. - suas pernas me deixam louco - disse rindo, Demi o encarou e assentiu negativamente segurando o riso. - Com todo o respeito. - Olhou-a rapidamente rindo. - Eu simplesmente amo a sua.. ér.. bunda. - Ambos gargalharam escandalosamente, Demi deu um tapa no braço do rapaz que fez uma careta.

  - Idiota. - Disse rindo enquanto mordia um pedaço do misto.

  - É a verdade. - Entregou uma taça para ela. - Quer suco de laranja, maçã, pêssego, uva, goiaba ou manga? - Perguntou distraidamente enquanto revirava a cesta, Demi arregalou os olhos e logo se aproximou dele.

  - Mentira que você trouxe esse tanto de sucos? - Questionou enquanto olhava dentro da cesta.

  -  A esqueci, também tem vinho. - Disse rindo da expressão da garota. - Agora você tem hum.. sete bebidas para escolher, relembrando: laranja, maçã  pêssego, uva, goia.. - Demi o interrompeu selando seus lábios aos dele, Joe sempre a pirraçava independente da situação que estavam, era um dom, pensava Demi.

  - Eu sei muito bem todos os sabores Joseph. - Disse o provocando - Não precisa me pirraçar. - Sorriu sapeca.

  - Vai querer o que madame? - O garoto jogou a cabeça para trás e passou os dedos rapidamente pelos cabelos, mais parecia um garçom italiano. - Nós temos bebidas de laranja, maçã, pêssego, uva.. goiaba, manga e o vinho do mais refinado possível vindo de Portugal. - Piscou para garota que gargalhou escandalosamente.

  - Vinho cherry. - Disse o seduzindo. Joe abriu a garrafa com muita habilidade e logo encheu a taça que a garota segurava, ambos se olharam e começaram a gargalhar escandalosamente, era hilário aquela cena. - Nós dois somos as pessoas mais idiotas desse mundo, tomar vinho comendo misto. - Disse rindo.

  - Poxa, magoou. - Riu. - Não seja por isso, eu encontrei um doce que acredito que você nunca tenha provado antes. - Piscou para garota. - Não o encontramos aqui nos Estados Unidos. - Disse um pouco chateado. - Eu comprei de uma brasileira, você tem que provar isso, é muito gostoso. - Tirou uma vasilha de vidro cheias de brigadeiros até a borda de dentro da cesta.

  - Brasileiros.. - Disse um pouco confusa. - Brasil? - Questionou.

  - Lerda, é sim, do Brasil. - Ofereceu-a um dos doces.

  - Isso é muito bom. - Disse enquanto degustava o doce. - Meu Deus, é muito bom. - disse assustada.

  - Pequena? Você está bem? - Questionou preocupado. Demi assentiu enquanto comia o terceiro brigadeiro.

  - Cara, isso é muito bom. - Bebeu um pouco do vinho.

  - Eu sabia que iria gostar. - Riu sem humor. - Mulheres amam chocolate. - Se fez de convencido.

  - Não tem como não amar, são irresistíveis. - Piscou para Joe de uma forma engraçada. - Não quero mais, isso vai me deixar gorda. - Riu. - Sério, estou satisfeita. - Sorriu o olhando.

  - Tudo bem, eu também não quero ficar gordo. - Disse rindo. Demi sorria boba enquanto encarava o céu, as estrelas davam um verdadeiro show.

  - São lindas né? - Se aproximou dela.

  - São perfeitas. - Olhou-o sorrindo e voltou a assistir o espetáculo das estrelas.

  - Se você prestar bastante atenção naquelas estrelas ali. - Apontou o dedo para o céu. - Formam a constelação do cisne, ai tem mais de 50 estrelas. É a minha constelação favorita, desde pequeno eu a observo.. na verdade eu costumava a compor enquanto a observava da janela do meu quarto. - se virou para olha-la, Joe sorriu timidamente ao perceber que Demi o olhava atentamente.

  - Acho que eu não tenho uma constelação favorita. - Disse rindo enquanto voltava a observava as estrelas novamente.

  - Essa pode ser a nossa constelação. - Disse sorrindo. Joe se aproximou um pouco mais da garota e entrelaçou seus dedos aos dela, Demi o olhou e sorriu, pela primeira vez na vida Joe estava tímido.

  - Nossa constelação. - Sorriu enquanto beijava a bochecha do rapaz.

  -  Acho que acabei de ver uma estrela cadente. - Disse animado. Demi o olhou rapidamente bastante curiosa, Joe não podia desejar nada, pois já tinha tudo que precisava ali com ele, com melhor, ele tinha ela ao seu lado.

  - Você fez um desejo? - Perguntou curiosa o olhando.

  - Não. - disse rindo.

  - Por quê? - Perguntou desanimada.

  - Porque eu seria egoísta demais, eu já tenho tudo que preciso e principalmente quem eu preciso ao meu lado. - Disse a olhando. Joe não precisa de mais nada em sua vida, ele já tinha tudo o que queria ao seu lado, Demi era seu tudo, ela sempre estaria ao seu lado se dependesse dele.

A garota nem sabia o que dizer, aquelas palavras doíam, doíam de felicidade.. ela jamais se permitia esquecer de cada palavra dita por Joe, ele a fazia se sentir amada e protegida, fazia com que o mundo não fosse tão cruel, a fazia se sentir bem consigo mesma e era disso que Demi precisava.

Sem nenhuma pressa, Demi encarou os olhos esverdeados do rapaz que brilham de desejo, a garota se aproximou bastante dele e o beijou. Aquela noite seria inesquecível para ambos, pois tudo estava acontecendo naturalmente. Joe pôs sua mão de junto a dela e com a outra puxou mais a garota para si, a beijou como se não fosse houver o amanhã, seus lábios roçados se tocavam com intensidade, era como se fosse o primeiro beijo, algo novo que lhes mostravam o amor que ambos sentiam um pelo outro, finalizaram o beijo quando lhes faltavam ar com vários selinhos.

 Joe olhou para garota, ela ainda estava de olhos fechados, porém sorria. Demi podia sentir a respiração do rapaz bem próxima de si, a garota levou suas mãos até o rosto de Joe, o acariciou delicadamente e o beijou intensamente. Ele se deixava levar pelos movimentos dela, que com muita delicadeza fez daquele beijo o melhor de todos, Joe deixou que suas mãos vagassem pelo corpo da garota, ele as pausou na cintura de Demi e logo as subiu pelas laterais do corpo da garota, logo tirou a jaqueta que a ela vestia e após num lugar qualquer. Demi continuou a beija-lo, ela não queria parar, assim como ele, porém ainda estava com medo de tudo que aconteceu e talvez pensasse que ainda não estava preparada para senti-lo novamente.

  - Você está pronta pequena? - Perguntou quando desgrudaram seus lábios por conta da falta de ar, a garota assentiu convicta do que estava fazendo e voltou a beija-lo, Joe sabia que ela ainda estava receosa de toca-lo como fazia anteriormente, por isso queria ir devagar, talvez se fizesse de forma diferente, seria melhor em todos os aspectos para ambos. Assim que a garota separou seus lábios dos dele completamente ofegante, Joe tirou seu paletó com agilidade e a pôs junto da de Demi. Sorriu para ela e a beijou novamente..

Quando Demi se deu conta, já estava só de lingerie deitada sobre a toalha estendida à grama com Joseph por cima dela, ele beijava seu tronco descoberto enquanto ela suspirava o nome do rapaz, ele também estava com apenas a roupa intima e não se importava de estar daquela forma sobre a luz das estrelas, aquilo era muito mais do que uma noite. O coração da garota batia aceleradamente contra o peito, ela sentia o lábios quentes do rapaz tocar sua pele fria causando-lhe novas sensações. Joe já descia os beijos em direção aos seios da garota, porém ela o puxou delicadamente e o beijou antes que ele pudesse continuar, Joe sorriu ao vê-la o olhando atentamente e depositou um selinho demorado nos lábios da garota.

Joe a levantou junto de si, fazendo com que ambos ficassem agachados frente a frente, a beijou no maxilar e dali foi descendo os beijos pelo pescoço da garota até seus lábios encontraram a alça do sutiã que ela usava, Joe a olhou rapidamente, vendo que Demi forçava um pequeno sorriso tímido, o rapaz levou suas mãos até a alça do sutiã vermelho e a abaixou delicadamente, depositou vários beijos naquela região e voltou a beija-la nos lábios.

Demi sentiu arrepios na espinha quanto a peça deslizou entre seus braços, a vergonha a possuiu ali mesmo, a garota abraçou o rapaz rapidamente e escondeu seu rosto no pescoço dele, Joe deslizou suas mãos pelas costas da garota e delicadamente beijou a bochecha dela.

  - Não precisa ter vergonha, você é linda, a mais linda que já vi em toda minha vida. - Levantou o rosto da garota e a olhou nos olhos. - E eu te amo muito, mais do que possa imaginar. - Disse encarando os lábios entre abertos da garota, além de estar externamente envergonha, Demi estava completamente sexy, os lábios entre abertos, os cabelos caídos sobre o rosto da garota eram o suficiente para deixa-lo cada vez mais atiçado.

A garota suspirava e gemia ao sentir os lábios de Joe em seu seio esquerdo, ele acariciava o direito com vontade. Demi levou suas mãos até os cabelos do rapaz e os puxou levemente, ele suspirou de junto dela, era o carinho que Joe mais gostava; Demi o puxou delicadamente para que ele pudesse beijar seus lábios, Joe levou suas mãos até a única peça que cobria o corpo da garota e selou seus lábios aos dela.

Demi estava completamente nua, Joe mordiscava seus lábios com cuidado enquanto ela apoiava suas mãos nos braços dele, a garota suspirou entre o beijo ao sentir o membro de Joe contra seu corpo, ele finalizou o beijo puxando o lábio inferior da garota e depositou um selinho demorado neste.

Joe observava todo o corpo da garota enquanto buscava por uma camisinha no bolso de seu paletó, ela parecia incomodada com a forma que ele a olhava, porém ela não o olhava.. já era bastante constrangedor estar totalmente despida sobre a luz da lua, ela prefira a olhar, as estrelas no céu que mais pareciam sorrir para ela assim como ela fazia. Demi sentiu o corpo do rapaz sobre o dela, sorriu para Joe e ele fez o mesmo, logo o rapaz iniciou um beijo calmo e rápido.

Não demorou muito para Demi delirar sobre a luz das estrelas, ela gemia freneticamente o nome do rapaz, ele se movimentava lentamente a mais de minutos, Joe beijava os lábios da garota com finalidade de abafar os gemidos que só aumentavam à cada segundo.

  - Vamos Joseph. - Segurou os braços do rapaz com mais força. - Para de me torturar. - Disse entre um gemido. Ela espera por aquela noite a dias, desejava que acontecesse mais que tudo, mas Joe decidira a torturar.

  - Calma pequena, juro que não é de proposito. - Beijou a testa dela, Joe a abraçou e ela fez o mesmo, o garoto começou a se movimentar com mais precisão assim como ela, Demi gemia cada vez mais ao senti-lo estoca-la com força, chegaram ao clímax da relação juntos, ambos sussurram um ''te amo'' assim que se lembraram do que tinha acabado de acontecer.

(...)

  - Bem.. - Disse coçando a nuca. - Obrigado pela noite, foi a melhor da minha vida. - Disse enquanto acariciava os cabelos dela.

 - Boa noite. - Sorriu tímida.

Antes que Demi pudesse entrar para o trailer, Joe a puxou e a beijou apaixonadamente, não estava muito tarde da noite. Joe sussurrou que a amava assim como ela e foi embora, a garota ficou alguns minutos sorrindo que nem bobo enquanto o olhava caminhar.


CONTINUA. Primeiramente, desculpem pelo tempo que fiquei sem postar, eu realmente não sabia como escrever nesse capítulo, me custou um bom tempo para desenvolve-lo.. os motivos para que eu não escrevesse antes realmente eram a falta de ideia, eu cheguei a escreve-lo duas vezes, mas não ficou tão bom quanto esse.. espero que gostem e POR FAVOR COMENTEM!! beijos <3


6 comentários: